Resenha: Enigma - Mundo Interdito



Olá, leitores maníacos! Tudo bem?

A resenha de hoje vai para um livro chamado Enigma - Mundo Interdito, da autora Rita Pinheiro



Enigma: Mundo Interdito traz a história de Johnny, que após ser salvo de um acidente de avião, se vê num mundo diferente de tudo que ele conhece. Mas, para piorar sua situação, ele não consegue se lembrar de onde veio e nem mesmo seu nome. Na luta para recuperar a memória, descobre coisas e conhece seres que acreditava não existir. E para sobreviver naquele lugar, ele precisa se desenvolver também descobrindo que o impossível não existe desde que haja amor entre as pessoas e respeito à natureza. Por fim, encantado com o lugar e com sua salvadora, decide viver essa aventura, se tornando parte desse mundo.


A história começa nos contando um pouco da vida de Johnny, que é um jovem de 18 anos muito bonito e também muito mulherengo. Numa festa, ele descobre que um colega ganhou uma viagem para a Flórida, porém seus pais o proibiram de ir. Então Johnny decide persuadi-lo a ir em seu lugar. Então ele troca sua moto pela viagem e tem que falsificar a sua identidade (oi?). 



Num dado momento o avião está sobrevoando o Triângulo das Bermudas, passa por uma turbulência e Johnny então consegue abrir a saída de emergência do avião e resolve se jogar para se salvar (oi de novo?)

O protagonista acorda sem memória em um uma espécie de mundo paralelo, um tipo de utopia que os olhos humanos não sabem da existência. Lá as pessoas são mais evoluídas e prezam pela vida em harmonia. Nesse lugar existem seres mitológicos e fantásticos. Num primeiro momento, ele só pensa em voltar para casa. Uma família o acolhe de braços abertos e ele passa a conviver melhor com aquelas pessoas e a aprender com elas.

Para mim, a autora faz uma crítica à nossa evolução em sociedade, permeada pela destruição desenfreada de tudo, rios, matas, nossa própria natureza.... Um dia, quem sabe, levando a extinção de diversas espécies (isso me parece bem próximo).... 

Achei a narrativa meio (muito) lenta e parada em alguns (muitos) momentos, sendo a minha leitura extremanente arrastada (eu odeio quando isso acontece). Geralmente leio durante uma semana, mas levei mais tempo em Enigma. Algumas coisas e situações, até diálogos não me convenceram muito ...e eu ficava me perguntando: mas hein? Mas eu as vezes acho que sou uma leitora muito chata....

A ideia de seres mitológicos e de fantasia envolvendo a história tinha me chamado muito a atenção mas foi só. Parece que não me encheu muito os olhos conforme fui lendo.... Sobre a mitologia dos Triângulo das Bermudas, foi até interessante, uma vez que acontecem mesmo desaparecimentos inexplicáveis no local desde o século XIX.

Uma coisa que eu sempre falo quando não curto um livro e vejo só bons comentários a respeito: será que o problema é comigo? Pois só li coisas boa s sobre essa história e ela não me arrebatou nem um pouco...

Bjs e me contem o que acharam...




2 comentários:

  1. Eu compraria só pela capa Hahahaha
    Fiquei meio triste pela história não parecer tão boa :(
    Beijoos!
    blog-chuva-de-chocolate.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é fantástica, né? Poxa, também fiquei triste, muita gente amou e eu não curti tanto, mas faz parte né?
      bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.