Resenha: Fragmentados

Olá leitores, tudo bom com vocês?
Saiu a resenha desse outro lançamento incrível da Novo Conceito, e que tenho certeza que irá encantar cada um de vocês.  

Fragmentados

O que você faria se precisasse fugir país a fora para salvar seus membros? Isso mesmo. Membros, seus pés, suas mãos, suas pernas etc...E se você tivesse que mostrar que sua vida vale a pena durante 13 anos ? Se sua vida fosse monitora e observada durante 13 anos? E no dia de seus 13 anos decidissem que você não é digno de viver inteiro? Como seria sua reação ?


Connor tem 16 anos, não era um aluno nota A mas mantinha suas notas no lugar certo, no colégio, metia-se em muitas brigas, muitas causadas por sua falta de controle. Assegurava-se em deixar todos no colégio amendrotado com sua presença, no fundo, ele sabia que não era um cara durão, sabia de seus limites. Mas um dia, ao procurar um grampeador nas coisas de seu pai ele encontrou uma carta, a carta que ele e outras crianças , a partir dos treze até os dezoito, temem receber, lá estava uma, destinada a Connor,e assinada. Aquilo transformou-o. Por mais que tivesse medo, tristeza, ele usou isso para 'torturar seus pais' , tentou de tudo para fazê-los se arrepender do que fizeram.
Na última noite que passou em casa reuniu tudo que precisava dentro de sua mochila e saiu noite a fora. Em busca de proteção para sua vida, não imagina que durante sua saída, causaria tamanho estrago na rodovia.

Lev tem 13 anos, vem de uma família bem grande, é o filho mais novo de 10 irmãos. Ele foi gerado por um propósito. Um propósito que para muitos outros, era temeroso, amedrontador, mas para ele, era considerado uma bênção. Sentia-se um dízimo. Acreditava que esse propósito estaria beneficiando sua alma, mas não acontece como ele queria , um acidente no trânsito o tira de seu destino...

Risa foi criada na casa Estadual, onde todas as crianças rejeitada ficam , onde provam se merecem continuar ali, ou se o governo pode tomar providência sobre sua vida. Risa não tinha ninguém a não ser seu professor de piano, que há 5 anos a orientava e a coisa mais próxima de um pai que teve. Uma semana após sua apresentação, ela foi chamada ao escritório do diretor , há três pessoa nele. Sem saber o que dizer, tudo que lhe é dito é apenas ouvido, nada sai de sua boca. Até que se deixa levar pelo pânico e deixa tudo sair de sua boca..

"Só queremos o que é melhor para você.."


A fragmentação é autorizada pelo governo federal, uma lei forte e poderosa, que assegura que nenhum vida pode ser tocada desde o momento do nascimento até seus treze anos. Depois dos 13 , por alguma motivo, os pais recebem uma carta vinda do governo. Ao assinar, a criança pertence ao governo.
Existe também uma lei que permite aos pais que não querem seu filho, recém nascido, deixá-lo a porta de alguém, e quando esse alguém encontrá-lo, é obrigado a cuidar daquele bebê como se fosse seu, exceto o caso de serem vistos aqueles que deixam o bebê naquela porta. Essa lei intitula-se " Iniciativa da Cegonha".

"No entanto, entre os 13 e os 18 anos, a mãe ou o pai pode escolher 'abortar' retroativamente uma criança.."
---------------

Fragmentados é um livro que mexe com a noção lógica da nossa existência, um livro curioso, encantador. Ele nos faz refletir sobre o sentido da vida, o que fazemos com o que  nos é tão sagrado? Um livro fictício mas que nos faz pensar nas nossas vidas. Crianças que vivem sem saber se serão escolhidas para a "colheita" , outras que nasceram para serem dízimas. Esse livro faz juz ao seu nome, ele fragmenta cada coisa que pensamento sobre a vida.


Classificação: 5/5 (Super recomendo *-*)

E aí, já leram? O que acharam?

Beijos e boa leitura a todos ❤️

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.